Riqueza nos detalhes

Objetos decorativos multiétnicos e cores variadas provam que personalidade não falta neste projeto aconchegante e despojado

Fotos: J. Vilhora

Texto Lucie Ferreira

Um apartamento de 220 m² em um tradicional bairro da capital paulista, mas que, ao contrário da sua localização, inspirou a proprietária a optar por uma decoração descolada e aconchegante. “Priorizei a integração dos ambientes e os acabamentos incomuns”, revela a arquiteta Evelin Sayar, de Santo André, SP.

O estilo despojado, ainda que cauteloso, é observado nos inúmeros objetos decorativos (Archiforma) encontrados no ambiente, a começar pelo hall de entrada, com plantas e uma imagem de buda. Na sala e na copa, itens referentes à África foram trazidos da última viagem da moradora ao continente.

A harmonia diferenciada reflete-se também na escolha dos móveis (Artefacto) e na aplicação de adesivo (Bucalo) e papéis de parede (Beare Decor). O resultado foge do tradicional e garante ainda mais personalidade ao projeto. “Gosto de trazer a arquitetura para dentro da decoração”, diz Evelin, que não hesita em apostar em detalhes ricos para deixar o ambiente ainda mais especial.

Canto próprio

O amplo quarto foi resultado da união de dois dormitórios, que se tornaram uma suíte principal. A arquiteta também destaca ter criado uma viga bastante baixa para dar charme ao projeto, mobiliando com cama da Artefacto, mesas e cadeira da Teperman e estante da AK Design. “Tem uma coluna gigantesca dentro desse móvel, que foi encoberta para colocarmos a TV e embutirmos o armário das bijuterias e acessórios”, revela. Luminárias (Lustres Iriê) e tapetes (Pazyryk) complementam o ambiente.

A suíte proporciona sensação de aconchego e prazer em estar em casa. O piso branco realça as pastilhas em tons dourados (Marcelo Rosenbaum para Jatobá), formando um desenho que lembra a fachada do próprio prédio. “Esse cômodo não tem porta para o quarto, mas cortinas, dando um efeito teatral dentro da suíte”, enfatiza a profissional.

Chão e paredes

Segundo a profissional, o grande diferencial do projeto está na utilização de gesso. Na sala de estar, por exemplo, o pé-direito baixo fez com que trabalhasse apenas com metade desse material. No chão, o piso original de tacos do apartamento todo foi mantido.

A cozinha e a lavanderia contam com revestimento na cor Street (Mais Revestimentos) e pastilhas roxas, que combinam com as portas do armário. Porém, a menina dos olhos são os azulejos da Calu Fontes, aplicados próximos à pia: como desviar os olhos do belo efeito artesanal do material, que aposta sobretudo no vermelho e no preto?

O lavabo tem o mesmo piso da cozinha, ganhando um toque rústico da parede revestida por madeira (Mais Revestimentos). O efeito do material chama a atenção pelo charme e diferencial.

O banheiro, por outro lado, segue uma decoração mais tradicional e elegante, com pastilhas em estilo antigo (Colormix) e chão revestido por faixas de pisos branco e preto (Mais Revestimentos). Novamente, o efeito chama a atenção de quem entra no recinto.

*Reportagem publicada na revista Decoração de Interiores Apartamentos nº 11 (maio/junho/julho de 2012)

Anúncios
Esse post foi publicado em Decoração, Veículo: Decoração de Interiores Apartamentos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s