Cozinha virtual

Sites dedicados à venda de produtos exclusivos conquistam os aficionados de gastronomia e utensílios gourmet

Texto Lucie Ferreira 

Desde a consolidação do e-commerce, em meados da década de 1990, o hábito de fazer compras nunca mais foi o mesmo. Afinal, o comércio eletrônico proporciona aos consumidores muito mais que a comodidade de fazer compras sem sair de casa. No inesgotável universo de informações da internet, é possível comparar preços, saber a opinião de outros consumidores sobre determinado produto e ter acesso a novidades exclusivas.

Em meio à oferta de produtos cada vez mais variada, os amantes da gastronomia não têm do que se queixar. Nos últimos 12 meses, diversas lojas do segmento entraram em operação no Brasil. De utensílios e tableware a bebidas, nunca foi tão fácil encontrar aquele jogo de jantar exclusivo ou o vinho indicado para harmonizar com o menu. “O consumidor das grandes cidades, onde a variedade de opções é maior, opta pela compra virtual pela facilidade, praticidade e entrega rápida, 24 horas no caso da cidade de São Paulo, onde estão 34% dos nossos clientes. Já o comprador de municípios menores escolhe a internet pela diversidade de produtos”, afirma Marcela Caio, criadora e administradora da Theodora Home. Entre os produtos disponíveis no endereço, ela destaca os bowls banhados a ouro fosco, com detalhes em pedras cabochon, além de castiçais da grife Vera Wang e porcelanas Wedgwood.

Em operação no Brasil desde novembro de 2011, a Westwing foi criada alguns meses antes, na Alemanha, por Delia Fisher, que foi editora das revistas Elle e Elle Decoration, e atualmente está presente em outros oito países: Itália, Áustria, França, Espanha, Suíça, Rússia, Holanda e Polônia. Trata-se de um clube de compras para sócios (basta cadastrar-se gratuitamente). “Nosso grande diferencial são as campanhas temáticas, que acontecem diariamente. A seleção é feita por uma equipe de curadores a partir de  um universo de marcas e produtos sofisticados. Para manter a exclusividade, o estoque das peças é limitado”, ressalta Antony Martins, presidente da empresa no Brasil.

Para quem quer cozinha e sala de jantar impecáveis, a lista de grandes marcas selecionadas pela Westwing chama a atenção: Wolff, Enoteca Fasano, Staub, apenas para citar algumas. As campanhas têm duração de três a cinco dias, e a empresa conta com o expertise de um time de compradores especializados, que garimpa os melhores fornecedores de produtos para casa e decoração, buscando unir qualidade e descontos expressivos.

Mundo de Baco

Em julho de 2012, dois clubes de compras especializados em vinho abriram suas portas, ou melhor, suas páginas, recheadas de exemplares exclusivos da bebida e boa oferta de produtos gourmet, como azeites, temperos e conservas. Um deles é o Selo Reserva, startup fundada pelo publicitário Andre Korenblum em parceria com os chefs Erik Nako e Cristiano Lanna, todos proprietários da Prima Bruschetteria, com casas no Rio de Janeiro e em São Paulo. “Nosso objetivo é ajudar o cliente a escolher o produto. Existem muitas opções no mercado e pouca informação”, explica Korenblum.

Segundo ele, todos os rótulos comercializados são testados e aprovados pela equipe. Para facilitar a escolha do consumidor, as ofertas vêm acompanhadas de resenhas descritivas assinadas por especialistas no assunto. Além dos vinhos Dessilani Fara Caramino DOC 2003 e Gevrey-Chambertin Vieilles Vignes 2008, Korenblum destaca os macarons da chef pâtissière Carla Daudt e as trufas com especiarias da marca O Brigadeiro, que são vendidos pelo site com preço inferior ao do varejo.

Outra loja virtual especializada na bebida de Baco é a Sonoma. Focado nos apreciadores (e não experts) de vinho e gastronomia das classes A e B, o endereço também traz conteúdo relacionado aos itens que comercializa. “O mercado de vinho nacional está mais voltado ao público que já conhece a bebida, por isso a linguagem é técnica e dificilmente compreendida pelo público não especializado. Além disso, os impostos e as margens de lucro que fazem parte da cadeia produtiva tradicional dificultam a oferta de itens de qualidade a preços acessíveis”, diz a sommelière do site, Jô Barros.

Trabalhando com uma ampla rede de vinícolas e pequenos importadores, o Sonoma, assim como o Selo Reserva, seleciona os melhores itens e os destaca em seleções semanais, com quantidades limitadas e valores abaixo dos praticados pelos mercado, segundo a empresa. “Mensalmente, analisamos mais de 120 amostras. Destacamos em média 30, pensando na qualidade, na dificuldade de serem encontrados e no custo-beneficio”, diz Jô.

Vinhos como o francês Côte du Rhone, o franco-brasileiro Éléphant Rouge (que teve dez caixas esgotadas em poucas horas) e o espanhol Senda 66, cujo estoque da importadora evaporou em três horas, são alguns dos produtos cuja exclusividade foi determinante para o sucesso de vendas.

Da cerveja ao café

Quem não dispensa uma encorpada taça de cerveja gourmet pode encomendar a bebida no CluBeer, que dispõe de uma gama de kits com rótulos selecionados de origem nacional e importada. Além de informações rotineiras, tem atualizações diárias sobre o mercado e uma área gastronômica. “O site envia para cada associado um Guia Cervejeiro, contendo os princípios básicos da degustação, harmonização, dicas de copos, de serviço e curiosidades cervejeiras”, diz a sócia Cristiana Bratt, que comanda o CluBeer ao lado da beer sommelière Kathia Zanatta.

Para acompanhar o crescimento do mercado de cervejas especiais no Brasil, o clube possibilita o acesso aos melhores rótulos, escolhidos por quatro especialistas. “Se determinada cervejaria está em vias de lançar um produto que consideramos especial, negociamos a exclusividade para nossos associados, como já aconteceu com a Cerveja do Amor, da BodeBrown, e a Bamberg Die Wiesn”, acrescenta Cristiana.

Inaugurada em dezembro de 2010, a Café Store busca atender a demanda por produtos ainda de difícil acesso no mercado brasileiro. “Queremos que o consumidor tenha novas experiências com a bebida e passe a degustar um produto diferenciado”, define o diretor Fernando Aur Raso.

Xícaras da linha Illy Collection Almodóvar e kit da Cafeteira Italiana Cuor di Moka Bialetti acompanhada de três xícaras e Café Moka Illy são alguns dos itens encontrados apenas na loja. “Temos exclusividade na venda on-line [com exceção do site das próprias marcas] de alguns cafés, como Baggio e Café Baronesa”, revela Raso.

Compra internacional

Além dos sites brasileiros, há uma infinidade de endereços internacionais dedicados ao assunto. O clube de compras norte-americano Gilt tem um departamento dedicado a itens gourmet e faz entregas internacionais, inclusive no Brasil. Porém, há restrições: não é possível comprar produtos perecíveis, alimentos e bebidas, nem realizar pedidos acima de US$ 2.500. Mas se a intenção for adquirir peças de grifes como Kitchen Aid, Cuisinart, DeLonghi e Emile Henry, trata-se de uma boa pedida. 

A Williams-Sonoma também conta com produtos que prometem deixar as cozinhas brasileiras mais sofisticadas. Estão à disposição dos internautas peças da própria marca e de grifes como com Le Creuset, Zwilling J.A. Henckels, Nespresso e Baccarat.

Outras lojas virtuais com entrega no Brasil são a Nordstrom, a Pottery Barn e a Overstock.com. Pelas facilidades oferecidas aos brasileiros na página principal desses sites, nota-se que nossos cliques são muito bem vindos.

*Reportagem publicada na revista Day by Day – Banco Daycoval Magazine (Ano 4 – Nº 4)

Anúncios
Esse post foi publicado em Gastronomia, Veículo: Day by Day. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s